Ir para o conteúdo
ou

 Voltar a Juventude Viva
Tela cheia Sugerir um artigo

SNJ participa de projeto para população negra em Maceió (AL)

6 de Março de 2017, 13:01 , por snjuventude@gmail.com - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 38 vezes

Alagoas saulo spinely

A Secretaria Nacional de Juventude participa, nesta segunda-feira (06/03), em Alagoas, do 1º Encontro de Gestores sobre Projeto Estruturais de Políticas Públicas para População Negra. O evento ocorre na Associação dos Municípios de Alagoas (AMA), no bairro do Farol, em Maceió. A reunião é coordenada pela Secretaria Nacional de Articulação Social da Secretaria de Governo da Presidência da República (SNAS/Segov/PR) e conta com o apoio da Secretaria Nacional de Juventude (SNJ) e do Instituto Raízes de Áfricas. A SNJ está representada pelo coordenador geral de Políticas Transversais, Saulo Spinelly.

Saulo explicou que a SNJ vai reativar o Plano Juventude Viva, voltado para os jovens negros em situação de vulnerabilidade.  O Plano reúne ações de prevenção para reduzir situações de violência física e simbólica, a partir da criação de oportunidades de inclusão social e autonomia para os jovens entre 15 e 29 anos. As ações incluem a desconstrução da cultura de violência, a transformação de territórios atingidos por altos índices de homicídios e o enfrentamento ao racismo institucional, com sensibilização de agentes públicos para o problema.

O coordenador geral de Políticas Transversais da SNJ também falou sobre o ID Jovem, que dá duas passagens gratuitas por comboio – ônibus, trem ou embarcação - aos jovens de baixa renda em transporte interestadual convencional. O encontro em Maceió reúne 18 técnicos do governo federal, representando 11 ministérios, e gestores do estado e do município. A missão é sensibilizar e expor os projetos de políticas públicas de cada uma dessas pastas para o conjunto da população negra, mostrando o passo a passo para a captação de recursos e como acessar esses projetos.

O evento conta com o apoio do governo federal, do Governo de Alagoas, da Associação dos Municípios de Alagoas, da Federação das Indústrias do Estado de Alagoas (Fiea) e de gestores e representação dos movimentos negros em Alagoas.

21 Dias de Ativismo Contra o Racismo – O encontro também via dialogar sobre a campanha “21 Dias de Ativismo Contra o Racismo”, que será lançada neste 6 de março, em diversas partes da cidade e Estado do Rio de Janeiro e em Maceió, com atividades que se estenderão até o dia 27 de março.

Durante os dias da campanha, ativistas, estudantes, professores, entidades religiosas e outros segmentos da sociedade civil estarão discutindo uma série de questões relacionadas ao combate ao racismo. A programação trará rodas de conversa, cine clubes, exibição de documentários, performances, debates e uma série de atividades que vão colocar como foco o protagonismo das pessoas negras na formação do Brasil.

Texto: Ascom/SNJ


0sem comentários ainda

Enviar um comentário

Os campos são obrigatórios.

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.